28 de out de 2008

COMUNICAÇÃO E CULTURA ANTROPOFÁGICAS

COMUNICAÇÃO E CULTURA ANTROPOFÁGICAS
mídia, corpo e paisagem na erótico-poética oswaldiana
de
Miriam Cristina Carlos Silva
 
Comunicação e Cultura Antropofágicas, de Miriam C. Carlos Silva, origina-se da pesquisa realizada para sua tese de doutoramento. A autora analisa a obra de Oswald de Andrade, que esteve e estará sempre vocacionada a demandar pesquisas capazes de trazer para a superfície questões e problemas fundamentais da literatura brasileira que, por diversos motivos, por exemplo, de diversidade, ficaram ocultos.
Míriam, com sua leitura crítica minuciosa, compreende, na natureza aberta da obra oswaldiana, com suas construções experimentais, aspectos midiáticos, independentemente do que se entende como mídia. O que importa é que suas discussões e interpretações, fundamentadas em uma vasta obra teórica, retomam, hoje, questões importantes sobre a construção da cultura e da comunicação, como um processo de intensa antropofagia.
Desse modo, as idéias contidas neste livro apontam caminhos para se pensar a cultura como o resultado de uma relação dinâmica com as mídias, que são parte de um todo que é a comunicação.
Entender aquele intrincado momento da história da cultura e da literatura brasileira, em que Oswald de Andrade pratica suas experiências, é o que Míriam pretende ao conferir múltiplos valores à obra do modernista, centrando-se principalmente na literariedade da obra literária oswaldiana.
 
Míriam Cristina Carlos Silva é doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC - SP, roteirista, produtora cultural e professora do Programa de Mestrado em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba - UNISO. Desenvolve pesquisa sobre Comunicação Visual Urbana com o apoio da FAPESP. 
 
Serviço:
Noite de autógrafos - "Comunicação e Cultura Antropofágicas – mídia, corpo e paisagem na erótico – poética oswaldiana" de Miriam Cris Carlos
Dia: 31 de outubro de 2008 – 19h
Local: Fundec (Fundação de Desenvolvimento Cultural)
Rua Brigadeiro Tobias, 73 – Centro – Sorocaba
Contato: (15) 3017-5927 -

Nenhum comentário:

Postar um comentário